Faltando pouco tempo para o lançamento de Darksiders II, a THQ deu uma entrevista e disse que irá focar outras franquias mais “modestas”.

Mesmo com a venda de quatro milhões de cópias e as críticas positivas que Saints Row: The Third recebeu em seu lançamento, o atual presidente da THQ,  Jason Rubin, disse que espera mais dos seus desenvolvedores e da empresa que ficou responsável.

Não porquê o jogo não vendeu ou não foi bem recebido, mas sim por ele acreditar que podem fazer algo melhor.
“Por que não poderia ser um Red Dead Redemption ou um Skyrim?” , disse. “Eu olho para esse título e eu digo: ‘Quem se importa com o que é e por isso tem que ser o que é? Com esta equipe que temos nós podemos fazer algo que não é constrangedor.”
Só para esclarecer, ele não está envergonhado do jogo, nem deixa de ser fã de Saints Row ou orgulhoso da Volition, mas sim que deseja que a equipe o impressione futuramente, com a certeza de que ela é capaz de mais. “Essas duas coisas não são mutuamente exclusivas”, disse ele.

Rubin fará parte de reuniões para convencer as pessoas do que são capazes e dar a THQ mais tempo para desenvolvimento.

Recentemente a  THQ já abriu mão dos direitos dos jogos UFc e fechou seu escritório em San Diego.  Rubin disse que o resto dos jogos do estúdio “permanecem sobre a mesa.” Isso inclui inSane, um jogo de survival horror que está sendo desenvolvido em colaboração com o diretor de cinema Guillermo del Toro. Danny Bilson, que deixou a THQ no dia em que Rubin começou, usou sua amizade com del Toro para conseguir o negócio. Mas Rubin disse que a partida Bilson não causou nenhum problema. Na verdade, acrescentou, Bilson permanece em contato com a THQ.

 

Trailer de Darksiders II:

 

“Darksiders 2 é muito interessante”, disse ele, “mas eu acho que posso conseguir que a equipe para fazer outros jogos muito interessantes.”

“Vamos nos conentrar em uma lousa pequena de títulos e ter certeza que temos o dinheiro para apoiá-los, assim os desenvolvedores não tem que se apressar”, disse ele. “Eu realmente não me importo como chegamos até aqui. Este é o lugar onde estamos e eu acho que a empresa está em uma posição forte.”

 

E no final chegamos a conclusão de tudo o que ele falou…. verbas para investir! Para mim, Darksiders é um jogo com grande potencial, mas não se pode esperar que ele vire um sucesso estrondoso da noite para o dia, quando existem tantos elementos (alguns novos e outros comuns) que ainda precisam chamar a atenção do público. Já começaram a acertar isso no 2º jogo, onde irão adicionar alguns elementos de RPG e mais agilidade ao protagonista. O jeito é aguardar e ver se alguma outra empresa com mais “$” se interessa e resolve dar continuidade ao jogo.

Darksiders II tem previsão de lançamento para o dia 14 de agosto, para PC, Xbox 360 e PS3. Uma uma versão para o Wii U também está em desenvolvimento.
(Entrevista completa no site: The Verge )