Sistema que obrigava players a ficarem conectados na internet era uma tentativa de evitar a pirataria.

Durante muito tempo a Ubisoft impôs a obrigatoriedade de conexão aos seus clientes. Para ela, seria uma solução para evitar que seus jogos fossem pirateados. Para os jogadores, o inferno na terra (ou online). Pense, você está na melhor parte do jogo, acabou de passar um desafio muito difícil, e acontece um problema na sua conexão? Você é deslogado, passa nervoso tentando voltar e quando consegue viu que nada do que você fez foi salvo. Pensou? Bem, era isso o que ocorria. Sem contar que estes sistemas poderiam comprometer a segurança do seu PC. E além de causar diversas reclamações, não atrapalhou que seus jogos fossem pirateados. Recentemente Yves Guillemot fez uma declaração para tentar justificar a falta de atenção e qualidade ao sistema DRM, além de expor essa realidade, que revoltou clientes da empresa: “95% dos jogos para PC são pirateados.”

Maaaaas! Polêmicas a parte, a empresa fez uma declaração em um site, informando que este sistema será abandonado, sendo necessário estar conectado a internet somente na hora de ativação do jogo, e sem limite de vezes em que ele pode ser ativado, inclusive em outros PC’s. Por acaso, informaram que este sistema já estava nos planos de ser descartado a algum tempo (aham..).

Esta é uma boa notícia, já que poderemos jogar aliviados sem ficar olhando a luz do modem a cada minuto torcendo para que a conexão se mantenha. E também para jogos futuros, que poderão ter um foco maior sem ter que se preocupar com a DRM, atrasando o lançamento para PC.

(Fonte: Rock, Paper Shotgun)