A fornecedora de soluções de segurança ESET realiza nos dias 15 e 16 de outubro uma série de palestras em universidades brasileiras, como parte do programa Gira Antivírus 2012. Trata-se de uma ação, realizada nos países da América Latina desde 2004 – e que acontece pela segunda vez no Brasil –, na qual especialistas realizam apresentações voltadas a educar profissionais e universitários sobre questões relacionadas à segurança da informação.

No ano passado, o programa Gira Antivírus percorreu 15 países da América Latina, nos quais foram realizadas 140 palestras em mais de 90 universidades. A ESET estima que mais de 12 mil pessoas assistiram às apresentações no período.

 

Nessa edição brasileira da Gira Antivírus, as palestras são ministradas por Raphael Labaca Castro, especialista em Awareness & Research da ESET na América Latina, e têm como tema “Investigação de malware: por dentro de um laboratório de antivírus”. O objetivo é mostrar como os pesquisadores identificam novos vírus, quais as principais ferramentas para analisar malwares, assim como abordar as principais tendências em crimes online e a forma de combatê-los.

Além da palestra, o conteúdo prevê uma demonstração ao vivo de análise de trojans (Cavalos de Troia) e botnets (redes de computadores zumbi). Com isso, os universitários podem entender como agem os criminosos virtuais, assim como quais os caminhos para combatê-los.

 

Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Tecnológica Nacional na Argentina, Raphael colaborou como pesquisador no Instituto de Neuroinformática da Universidade de Bochum, na Alemanha. Além disso, o especialista, nascido no Brasil, é responsável por elaborar materiais relacionados às atividades de conscientização em segurança da informação da ESET América Latina.