bowser

Na edição Guinness World Records Gamers desse ano, os caras decidiram fazer uma votação do maior vilão dos video games. Eles elegeram 50 vilões, entre eles Darth Vader, Diablo, Sephiroth e muitos outros, e com mais de 20% dos votos (mais de 5 mil pessoas votaram), Bowser foi eleito o maior vilão de todos!

Hoje em dia, essa juventude mal conhece o Bowser, mas pra geração passada ele já foi muito temido. Quem não lembra do Super Mario Bros 3, depois de sofrer em todos os mundos, ainda chega no oitavo mundo, tudo escuro e ter que dar de cara com o Bowser? Pelo menos nos Marios mais antigos, não é tao difícil matar ele, 3 pisadinhas na cabeça e ele ja vai pro chão, agora no New Super Mario Bros Wii eu perdi mais de 30 vidas pra acabar com esse dinossauro tartaruga de moicano vermelho =/

Aqui embaixo o Top10 e mais alguns:

01. Bowser – Super Mario Bros. (com certeza foi o que mais deu trabalho pra galera);
02. GLaDOS – Portal;
03. The Joker – Batman: Arkham Asylum (o Joker, o palhaço, o Joker, o Coringa, o Palhaço – entendedores entenderão);
04. Ganon – The Legend of Zelda;
05. Gary Oak – Pokemon Red/Blue (não acho ele um vilão, acho os Zubats que tem em todas as cavernas muito mais malvados);
06. Sephiroth – Final Fantasy VII (esse é mau mesmo!);
07. The Borgias – Assassin’s Creed II;
08. Inky – PAC-Man (aqui estão os mais chatos de todos!!!);
09. Liquid Ocelot – Metal Gear Solid;
10. Creeper – Minecraft (esse é o vilão pra jogos de boiolas =x);
14. Donkey Kong – Donkey Kong;
17. M Bison – Street Fighter (todos personagens de jogos de luta pra mim são vilões =/)
19. Zeus – God of War;
22. Aliens – Space Invaders;
24. Police – Grand Theft Auto (a grande vilã dos anarquistas né);
27. Dr Wily – Mega Man;
28. Darth Vader – Star Wars (“I’m your father” – não pode ser um vilão =/)
42. Dr Neo Cortex – Crash Bandicoot (esse me deu muito trabalho )=
43. Dr Robotnik – Sonic the Hedgehog (esse então nem se fale )=
44. Diablo – Diablo (o que mais impõe respeito nessa lista aqui, esse sim da uma tensão quando chega!).

Fonte: Guinness World Records