19588717540_9d9224d888_b

O Recife hoje, (03), será a sétima capital brasileira e oitava cidade do Brasil a receber os serviços de transporte de passageiros Uber. Agora esqueça a categoria de carros pretos e motoristas de terno, porque o Uber entrará no Recife como categoria básica, formada por carros populares e consequentemente mais barata.20160303071722567309u
Na imagem: Fabio Sabba destaca que um diferencial é que as corridas são 100% rastreáveis. Foto: Paulo Paiva/ DP
Cada chamada irá custar R$ 2,50, o quilômetro sai por R$ 1,15 e o minuto R$ 0,17, quase 8% mais barato que a bandeira de taxi normal, que é R$ 2,31. Como benefício, garantia de chegada do carro em cinco minutos, trajeto 100% rastreável, recibos auditáveis e maior segurança nas relações cliente e motoristas (o contato nunca é direto, sempre é através de uma central). Aqui, a empresa também oferecerá o Uber for Business, direcionado a empresas, que promete reduzir os custos de transporte das mesmas em até 30%. Recife foi escolhida, segunda a companhia, pela grande quantidade de carros e engarrafamentos nos principais corredores.

“Nosso objetivo é oferecer a opção de não sair de casa de carro e, ainda assim, ter certeza que vai ter uma condução segura e na hora exata em que se precisa”, afirma Fabio Sabba, diretor de comunicação da Uber. Segundo ele, justamente por isso, a empresa não se considera concorrente dos serviços de táxi locais. “Nós avaliamos que, hoje, as pessoas não querem sair sempre de carro de casa mas, ao mesmo tempo, querem ter segurança no trajeto e saber com certeza a hora que vão voltar.”

Para se cadastrar, os motoristas precisa ter carteira de habilitação com registro de atividade remunerada (AR), ficha limpa de antecedentes criminais, documentação do veículo e seguro para o passageiro. O cadastro é feito através deste link. Já para usar o serviço, os recifenses deverão baixar o aplicativo Uber, que está disponível gratuitamente para os dispositivos Android, iOS e Windows Phone. Ou seja, o app só pode ser acessado por aqueles que têm smartphones. Ainda assim, é preciso fazer um cadastro, com dados do cartão de crédito e todos os pagamentos serão efetuados neste cartão. Não é possível usar dinheiro ou débito para pagar.

“Outro diferencial nosso é que todas as corridas são 100% rastreadas”, completa Sabba. A empresa já tem 10 mil motoristas cadastrados em todo o Brasil e mais de um milhão de clientes.

A Prefeitura do Recife (PCR) informa que a companhia não notificou e nem pediu autorização para iniciar os serviços na cidade e que o transporte de passageiros na capital pernambucana é regido pela Lei Federal 12.468/2011, que determina em seu artigo 2º que “É atividade exclusiva dos profissionais taxistas a utilização de veículo automotor, próprio ou de terceiros, para o transporte público individual remunerado de passageiros.” Em resposta a isso, Fabio Sabba comenta que a Uber é originalmente uma empresa de tecnologia e tem toda a documentação
necessária para atuar.

(Via: Diário de Pernambuco)