Filas desde as primeiras horas da manhã e reservas esgotadas protagonizaram, nesta sexta-feira, o lançamento do novo console da Nintendo, Switch, que disparou também as ações da empresa.

Este grande lançamento, para o qual a Nintendo distribuirá dois milhões de unidades no Japão, Austrália, Estados Unidos, Canadá e Europa, chega após fãs “quebrarem” a loja “online” da empresa no primeiro dia de reservas, no mês de janeiro.

Centenas de pessoas se reuniram nas entradas dos grandes estabelecimentos em Tóquio (Japão) para receber o novo console, cujas reservas se esgotaram ao pouco tempo de ir à venda em algumas lojas, segundo os veículos de imprensa japoneses.

Se trata do primeiro console que a Nintendo lança desde 2012, quando colocou à venda o Wii U, comercializando 14 milhões de unidades. A expectativa pelo Switch chegou também ao pregão de Tóquio, onde as ações da Nintendo subiam 3,41%, caindo no meio da sessão.

No entanto, o ceticismo inicial quando se anunciou o preço no Japão – 30 mil ienes (cerca de US$ 264) – e as características do console, no dia 13 de janeiro, provocaram uma forte queda das ações da companhia com sede em kyoto.

O Switch funciona como console doméstico quando se conecta ao televisor mediante uma base (ou “dock”), mas também como dispositivo portátil, uma vez que pode ser removido.

CONFIRA O UNBOXING DO CONSOLE NESTE LINK

Com este conceito híbrido, o jogador pode começar uma partida na tela do televisor e continuá-la na rua, precisando apenas retirar o console de sua base.

Além do Switch, também foram colocados à venda hoje cerca de 20 jogos para o novo console, entre eles o aguardado “The Legend of Zelda: Breath of Fire”.

Após o recente sucesso do videogame para smartphones “Pokémon GO” e do lançamento de “Super Mario Run”, em dezembro, a Nintendo espera agora revitalizar seu negócio de consoles, um mercado cada vez mais competitivo.

CONFIRA OS TRAILERS DOS JOGOS QUE SERÃO LANÇADOS JUNTO COM O NINTENDO SWITCH

(G1)