u9PwlWwRQTE

Era questão de tempo para “hackearem” o novo console da Nintendo SNES Classic, vimos aqui semana passada que até um Hacker Russo (Russos, isso explica), conseguiu introduzir o game Chrono Trigger à biblioteca do SNES, mas as coisas não acabaram por ai.

Hackers publicaram neste fim de semana um método simples para adicionar mais jogos na biblioteca do noco SNES Classic Mini, além dos 21 títulos já disponíveis no aparelho.

O sistema do console trabalha basicamente a partir de uma alteração do Kernel do sistema operacional do SNES Classic mini, a partir disso é possível rodar títulos que estão na biblioteca inicial do console, com de 60 a 90 jogos (ou até mais) podendo ser armazenado na memória do console.

Os Hackers notificaram também que é um processo que pode danificar permanentemente o seu SNES Classic, além disso, é necessário dizer que a Nintendo também não aprova a prática, e se você fazer isso com certeza anulará toda a garantia do console

Confira um usuário que já postou um vídeo no Twitter mostrando outros títulos rodando no console sem problemas:

Mas e ai, o que vocês acham desta prática? O console aqui no Brasil não está sendo vendido por um preço muito atrativo, ele está sendo vendido aqui por R$ 999.

Deixe sua opinião nos comentários.

Participe do nosso grupo do Facebook ! Faça amigos, interaja com os editores e leitores do site. Link do grupo: facebook.com/groups/blogteccia/