A Nintendo já esperava seus maiores ganhos em sete anos, mas a fabricante japonesa quase dobrou sua previsão de lucro operacional para o ano nesta segunda-feira (30), à medida que os problemas de suprimentos com o novo console Switch começam a melhorar.

A demanda pelo videogame híbrido, que pode ser conectado à TV ou usado de forma portátil, quase duplicou o preço das ações da Nintendo para os maiores valores em nove anos, após o lançamento do Switch em março.
As vendas ultrapassaram a estimativa inicial da empresa, superando as do antecessor Wii U e obrigando os fornecedores a se esforçarem para conseguir aumentar as entregas.

A Nintendo agora espera lucro de 120 bilhões de ienes (US$ 1,06 bilhão) no final do ano fiscal que se encerra em março, ante 65 bilhões de ienes estimados há três meses, resultado impulsionado pelas vendas do Switch, bem como por um iene fraco contra o euro.

A nova perspectiva ainda está abaixo dos 133,6 bilhões de ienes previstos por 22 analistas em uma projeção da Thomson Reuters Starmine SmartEstimate.

Mais Switch pra vender

A Nintendo também elevou a previsão de vendas do Switch no fim de ano para 14 milhões de consoles, ante 10 milhões estimados anteriormente. A nova meta anual, por sua vez, superaria os 13,56 milhões de consoles Wii U vendidos durante os cinco anos em que o produto está no mercado.

A empresa vendeu cerca de 2,9 milhões de Switch no trimestre até setembro, totalizando 7,63 milhões de unidades vendidas.

O sucesso inicial do Switch alimentou as esperanças de ganhos fortes nos próximos anos, já que a sólida demanda por novos consoles é considerada como um indicativo para fortes vendas de software de jogos de alta margem ao longo de vários anos.

No entanto, a concorrência deve se intensificar na temporada de compras de fim de ano, já que a Microsoft irá lançar seu console Xbox One X, que roda games em resolução nativa 4K, em 7 de novembro.

(Via)