Ultimo domingo (10) na Comic Con Experience foi histórico para os fãs de Rainbow Six e para os torcedores da Team Fontt. A equipe fechou o ano com chave de ouro ao vencer as duas decisões do dia sobre a Black Dragons. Além de garantir o troféu da segunda temporada do Brasileirão, ela também foi campeã brasileira de 2017.

O título geral foi disputado em MD1 emocionante entre as grandes vencedoras dos dois splits do ano. Milhares de espectadores puderam acompanhar a decisão pelo SporTV2, Twitch e Youtube.

A final da segunda temporada do Brasileirão Rainbow Six 2017 foi totalmente dominada pela Fontt, que venceu por 3 a 0 a disputa melhor de cinco mapas (MD5), não dando a mínima chance para a Black Dragons , que vinha em uma sequência boa após vencer o primeiro split da competição e ser vice-campeã mundial da Pro League neste ano.

O mapa Casa de Campo, escolhido pela BD, foi o cenário mais disputado da partida. As equipes revezaram a liderança ponto a ponto e levaram a decisão ao overtime.” Psycho” e “Cameram4n” foram os protagonistas de seus times. A Team Fontt, entretanto, abriu vantagem e fechou o mapa em 6 a 4.

Nesta altura, faltava apenas um mapa para a Fontt levar o título da segunda temporada e conseguir a chance de disputar a grande final do ano. O cenário para a disputa decisiva foi o Oregon, escolhido pela equipe, que logo abriu vantagem de 4 a 0. A Black Dragons ensaiou uma reação fazendo dois pontos, mas não resistiu e foi derrotada por 5 a 2. Com a vitória, a Fontt fechou a partida por 3 a 0.

 

“É uma sensação muito boa. O mais legal de tudo foi ver essa galera acompanhando e torcendo a cada round. Fechamos a temporada de uma maneira boa, fruto de muita dedicação de nosso jogadores” disse Gohan, da Team Fontt.

“É muito bom para o cenário participar de um evento como esse. Pena que acabamos perdendo hoje, mas foi um ano excelente para nós. Ganhamos títulos e crescemos tanto em time quanto em torcida. A Ubisoft está fazendo um ótimo trabalho e o jogo continua crescendo muito. Esperamos que 2018 seja ainda melhor”, ressaltou Denis “Pings” Vidigal , sócio da Black Dragons.