Todas as crianças francesas com idade inferior a 16 anos precisarão da aprovação dos pais para abrir uma conta no Facebook ou qualquer outra rede social, prevê um projeto de lei apresentado nesta quarta-feira (13).

O requisito faz parte de uma lei francesa que procura adaptar os regulamentos de privacidade de dados e melhorar o acesso às informações que as empresas de internet reúnem, armazenam e, em muitos casos, vendem para outras empresas sobre a atividade online dos usuários.

O projeto para uma legislação de privacidade de dados foi aprovada em uma reunião semanal do gabinete de Justiça e agora segue para aprovação do parlamento antes de virar lei.

A proposta pretende garantir acesso mais fácil aos usuários para todas as empresas de dados para que eles possam procurar mais facilmente ter certos detalhes alterados ou excluídos.

(Via)