A sorte deixou de ser um atributo do acaso completo, para se tornar algo que pode ser sistematicamente trabalhado e melhorado – pelo menos no universo dos videogames.

A sorte nos videogames

A sorte pode ser controlada, porque franquias de títulos como Fallout, Final Fantasy e Dark Souls usam a mesma como um atributo que pode ser melhorado e mudar radicalmente o desenvolvimento da história nesses jogos. Sem dúvida, o exemplo mais claro dentro deste contexto está dentro da saga que explora os perigos das explosões nucleares, Fallout, da desenvolvedora Bethesda, onde a sorte é um dos atributos mensuráveis do personagem principal, e afeta diretamente as chances de sucesso ou fracasso dentro do jogo.

Fazendo parte dos atributos SPECIAL do Personagem (Strength – Força, Perception – Percepção, Endurance – Resistência, Charisma – Carisma, Intelligence – Inteligência, Agility – Agilidade e Luck – Sorte), a sorte pode ser controlada e melhorada dentro do jogo.

Como mostra o site TechTudo, existem truques para jogar os títulos de Fallout, e aproveitar os recursos dentro do jogo, para obter melhores resultados no mundo pós-apocalíptico desta franquia. Já no caso da entrega altamente antecipada da desenvolvedora Square Enix, Final Fantasy XV, que é um jogo que tem requisitos muito elevados para rodar num PC e que levou 10 anos para ser feito, a sorte é um dos atributos que mais influenciam na história.

Finalmente, Dark Souls, o videogame publicado pela Namco Bandai, e que acaba de receber uma versão remasterizada para o Nintendo Switch, foi um dos primeiros a mencionar a sorte do personagem principal, como uma razão para o sucesso ou fracasso na história do jogo.

A sorte além dos videogames

Nesses jogos, a sorte é realmente um atributo que pode ser trabalhado e aprimorado, para ter um efeito direto nos resultados dos personagens. No entanto, fora dessas franquias, e além de falar sobre sorte de principiante ao jogar um novo jogo e sair vitorioso, a boa sorte é um atributo que há séculos as pessoas procuram melhorar na vida real. Para isso, como explicado pelo site Terra, uma pessoa pode usar amuletos na forma de elefantes, moedas, estrelas e inclusive detalhes muito particulares de cada região, como no caso do Brasil e das fitas do Senhor do Bonfim.

Ao redor do mundo existem muitos objetos, tradições e rituais, que são usados para atrair a sorte. Nesse contexto, a Betway Casino assumiu a tarefa de coletar superstições de todo o planeta, comentando inclusive sobre o amuleto brasileiro Figa, que é doado para desejar boa sorte para alguma pessoa, ou o Callejón del Beso, no México, que é um beco onde os casais procuram evitar a má sorte em seu relacionamento beijando-se em suas escadas. Outro exemplo é mencionar a importância do número 8 para as pessoas na China, que associam o som desse número com a palavra riqueza.

No contexto dos jogos tradicionais, o jornal Extra falou com especialistas sobre como atrair a sorte com base na numerologia, procurando deixar o azar de lado na vida real. A boa sorte têm sido procurada desde sempre e em todos os lugares para obter sucesso, amor, saúde e riqueza.

Do mundo virtual para a realidade

Ter boa sorte é algo inestimável. Seja quando bons resultados são obtidos dentro de um novo empreendimento na vida real, ou quando se joga um novo videogame, a mesma faz toda diferença. Boa sorte, amor, saúde e riqueza, são alguns dos atributos que milhões de pessoas procuram melhorar no contexto da vida cotidiana, através de amuletos, rituais e superstições, que como apresenta a Folha de S. Paulo, foram até recompilados em livros sobre o tema. Por isso a sorte é um dos atributos que mais atraem a atenção no campo dos gamers, já que pode ser controlada dentro dos games.

Pelo menos dentro dos videogames é possível deixar completamente o acaso, seguindo procedimentos específicos, baseados no que foi programado pelos desenvolvedores dos mesmos, para obter sucesso e boa fortuna dentro do mundo virtual.